Reflexão Cibercultura e Cultura Digital.

Em aula assistimos os video 1 e video 2  levanto alguns questionamentos em relação ao que André Lemos mencionou “que não devemos ficar dependente de uma ferramenta,  pois devemos buscar problematização nos alunos com isso teremos um melhor entendimento da Cybercultura”.

Pois penso que a dependência da ferramenta hoje e inevitável, como isso vejo que esse termo dependência não se encaixa muito, porque é fato que hoje temos ferramentas que somos totalmente dependentes.

Então apoiaria a ideia da “necessidade”, pois essas ferramentas são necessárias, e o termo dependência passa uma ideia muito forte de ligação e que as vezes não podemos mudar, e o que não é verdade.

Pois as ferramentas mudam a todo tempo, então o que devemos depender é da ideia geral do que é cibercultura e as ferramentas que estão nelas devemos  pensar que são necessárias, pois isso nos trás uma evolução mais rápida e fácil para a cultura em geral.

Outro ponto que levanto algumas indagações, é sobre Cibercultura e Cultura Digital.

Compreendo que Cibercultura é a cultura da conectividade, ou seja,  em outras palavras é o que chamamos de “REDE”, porém não é simplesmente só a Rede, mas sim, como a sua forma de pensar e gerir o seu desenvolvimento na rede.

Pensando pelo sentido da palavra me induz a crê que Cultura Digital está dentro de Cibercultura, mas na discussões percebi que a Cultura Digital é muito mais amplo, sendo assim embora sejam parecidos, mas a fundo temos que saber do que estamos falando de Cibercultura ou de Cultura digital, pois a fundo mesmo existe tratamentos diferente de conceitos para Cibercultura e Cultura Digital.

Mas por fim é bem verdade que Cibercultura se Confunde muito com Cultura Digital chegando a pensar que sejam sinônimos,  e que muitas vezes até iguais, mas é preciso mais estudos e pesquisas para poder esclarecer melhor os conceitos de Cibercultura e Cultura Digital e resolver essa dualidade de conceitos, mas até o momento defendo que Cultura Digital está dentro de Cibercultura.

Então devemos repensar sempre os conceitos, pois as coisas mudam a todo momento, com isso finalizo trazendo esse vídeo que trás uma visão do novo e do velho, o que é simples para alguns hoje, não será amanha.

 

Aula (EDC287- Bonilla) dia 17/09/2014.

Anúncios

Um pensamento sobre “Reflexão Cibercultura e Cultura Digital.

  1. Olá, André, legal sua postagem trouxe os temas que abordamos em aula. Creio que seria interessante para ampliar sua discussão debater um pouco mais sobre a Cibercultura e a Cultura Digital. Isso possibilitaria um confronto maior entre o que você pensa e o que os autores dizem, inclusive, seu ponto de vista pode ser defendido de maneira ainda mais fundamentada.
    Parabéns,
    Gisele

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s